, 8 de Abril de 2013

MIA: improvisação em festa

A edição de 2013 do MIA – Encontro de Música Improvisada de Atouguia da Baleia vai ser a maior de sempre: são 80 os músicos inscritos para participar nos três dias de trabalhos deste evento único a realizar no auditório da Sociedade Filarmónica, veneranda instituição da mais musical freguesia do concelho de Peniche, a 24, 25 e 26 de Maio.

Entre as figuras nacionais e de outros países esperadas estão Blaise Siwula, Noel Taylor, Carlos “Zíngaro”, Anabela Duarte, Rodrigo Amado, Mossa Bildner, Ernesto Rodrigues, Raphael Ortis, Maria Radich, Paulo Chagas e Fernando Simões, estes últimos os responsáveis da iniciativa. À semelhança das três edições anteriores, o programa inclui um “workshop”, no primeiro dia, e uma mostra de vídeo-música, sucedendo-se os concertos, sem interrupção, desde o início das tardes de 25 e 26 até à entrada da madrugada.

O grosso das actuações acontecerá com trios e quartetos formados por sorteio entre os participantes, esperando-se ainda dois momentos de improvisação orquestral conduzida com todos os presentes e apresentações de grupos fixos. Um deles será o regresso do veterano Colectivo Orgástico.

O festival tem estado a ser antecedido por uma série de performances mobilizadoras, sendo a derradeira, a 13 de Abril, na lisboeta Ler Devagar (Lx Factory), com o Ensemble MIA. Nessa altura, será apresentado um duplo álbum com uma selecção da música que foi tocada no MIA de 2012.