, 9 de Dezembro de 2013

Rodrigo Amado X 3

O saxofonista Rodrigo Amado (acima na mira de Vera Marmelo) tem três concertos muito especiais marcados para este mês no novo bar da Trem Azul. A 12, toca em trio com dois bateristas, Afonso Simões e o seu habitual parceiro nas baquetas, Gabriel Ferrandini. No dia 13, apresenta-se o Wire Quartet, do qual há algum tempo não havia notícias. Amado terá consigo o guitarrista Manuel Mota, o contrabaixista Hernâni Faustino e o constante Ferrandini. Finalmente, na noite de 14 sobe ao palco da casa-mãe da Clean Feed o Motion Trio (Amado, Miguel Mira, Ferrandini) com um convidado “improvável”, o trompetista Sei Miguel.

Esta tripla actuação quase no fim de 2013 anuncia um novo ano de muitas edições importantes para o músico de Lisboa. O Wire Quartet vai ter disco pela Clean Feed. O Motion Trio será duas vezes editado pela NoBusiness, em CD (gravação de estúdio) e LP (registo ao vivo no Teatro Maria Matos), em ambos os casos com Peter Evans como convidado especial. Espera-se que surja ainda o álbum de estreia dos Hurricane, grupo de Rodrigo Amado com DJ Ride e Gabriel Ferrandini. Estão igualmente na calha outros lançamentos: um quarteto com Joe McPhee, Kent Kessler e Chris Corsano e mais um trabalho do Motion Trio, desta feita com as contribuições de Steve Swell e Rodrigo Pinheiro.

«Um desafio à nossa capacidade de conquista e resistência», refere Amado a propósito deste esforço em período tão difícil para o jazz e a música improvisada em Portugal…