, 29 de Junho de 2014

Jorge Lima Barreto recordado em Vinhais

Realiza-se de 4 a 6 de Julho próximos, em Vinhais (mais exactamente, no Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhais), a 1ª Bienal Jorge Lima Barreto, iniciativa que visa recordar, homenagear e debater o legado do desaparecido músico e musicólogo que deixou livros fundamentais como “Jazz-Off” e “Música e Mass Media” e foi o mentor dos projectos Anar Band (com Rui Reininho), Telectu (com Vítor Rua) e Zul Zelub (com Jonas Runa). A iniciativa congrega concertos, performances, conferências, “workshops” e uma exposição.

Assim, a 4 de Julho, inaugura pelas 17h00 a exposição “LJB: Viver com a Tua Música nos Olhos”, com obras de artistas como Joana Vasconcelos, António Barros e Silvestre Pestana. Às 18h00, conferência de Vítor Rua com “Um Rouxinol na Ordem Zero”. A partir das 21h30, espectáculo com música dos Sweet Violence de Vítor Rua e Luís San Payo, performance de Manoel Barbosa e uma instalação vídeo de Ilse d’Orzac.

No dia 5, Kersten Glandian conferencia sobre a “Arte do Som” às 14h30, seguindo-se às 15h00 um “workshop” dirigido por Chris Cutler, Vítor Rua e Jonas Runa. Às 17h00, concerto/performance de Runa com o “Piano Dentelle #2” de Joana Vasconcelos. Às 21h30 tocam os Zul Telectu (Jonas Runa e Vítor Rua) com Chris Cutler, Kersten Glandian e Ilse d’Orzac.

A 6, Ana Borralho e João Galante conduzem um “workshop” de performance às 14h30. Marcada para as 17h00 está a conferência “Energia Musical Irrealizada” de Jonas Runa e tudo termina, à noite, com uma colaboração do Telectu Kolective com Borralho e Galante.