Agustí Fernández. , 3 de Novembro de 2014

O Durruti da improvisação

texto Pedro Tavares e Mafalda Costa

O pianista de Barcelona que reconhece na música improvisada os princípios do anarquismo espanhol defende que é preciso começar já a inventar aquela que será a «música antiga do século XXII». Isto porque, no seu entender, o jazz é a música antiga do século XX…

Ler mais

Wade Matthews, 22 de Outubro de 2014

A música que acontece ali mesmo

texto Fernando Vigueras (Oro Molido)

Conversa com o músico americano radicado em Madrid sobre a livre-improvisação, passando por aspectos como o ensino, a tecnologia, as diferenças com a música escrita e, não menos importante, a liberdade de criar no momento. Tudo a propósito do livro “Improvisando – La Libre Creación Musical”.

Ler mais

José Menezes, 11 de Agosto de 2014

Pontos nos “iis”

texto Pedro Tavares e Mafalda Costa

Foi um dos solistas da actuação do Lisbon Underground Music Ensemble no fecho do Jazz em Agosto deste ano e é não só um dos mais importantes saxofonistas da cena nacional como também um dos poucos “pensadores” do jazz que por cá se pratica. Nesta conversa com a jazz.pt coloca os dedos em algumas feridas e também esta revista não escapa à sua crítica…

Ler mais

Marc Ducret, 14 de Julho de 2014

Ada e as coisas reais

texto António Branco

Apaixonado pela literatura, o guitarrista francês inspirou-se num romance de Nabokov e transformou em música as emoções do texto. Testemunharemos, ao vivo, o resultado no Jazz em Agosto. O músico falou à jazz.pt sobre este projeto e não só.

Ler mais

Émile Parisien, 8 de Julho de 2014

À procura, simplesmente

texto Rui Eduardo Paes

O saxofonista francês de que cada vez mais se fala vem ao Jazz im Goethe Garten com o seu quarteto. Enquanto esperamos pelo concerto, fiquemos a conhecer melhor este habitual colaborador de Hugo Carvalhais que também toca com Daniel Humair e diz, modestamente, que está a aprender.

Ler mais

Christophe Berthet, 23 de Junho de 2014

Regresso a Portugal

texto Paulo Chagas

O saxofonista soprano suíço vem a Lisboa em Julho para participar com o seu trio Silo no Jazz im Goethe Garten. A música que traz é uma mistura de pulsações “groove” e texturas, combinação não muito habitual nos territórios do jazz. Já por cá esteve algumas vezes, mas nesta vamos conhecer-lhe outra faceta…

Ler mais

Matthew Shipp, 24 de Maio de 2014

Solista em trio

texto Rui Eduardo Paes

O autor do aclamado “Piano Sutras” vem a Coimbra e ao Porto para duas apresentações a solo (na verdade em trio, como nesta entrevista explica). A jazz.pt “apanhou” aquele que é um dos mais importantes pianistas da actualidade entre dois aviões…

Ler mais

Pedro Guedes, 18 de Abril de 2014

O sorriso de um “megalómano”

texto Rui Eduardo Paes

O sonho do director artístico da Orquestra Jazz de Matosinhos parecia de realização impossível, mas o certo é que tem estado a acontecer: a “big band” nacional já não é só nossa, mas de todo o jazz orquestral que se faz no mundo. Comprova-o um novo álbum acabado de sair: “Jazz Composers Forum”…

Ler mais

Gloria Damijan, 24 de Janeiro de 2014

Uma nova voz da Áustria

texto Paulo Chagas

É um dos novos valores do piano e da electrónica na música improvisada que se pratica em Viena. Já esteve várias vezes em Portugal e teve a oportunidade de tocar com improvisadores nacionais, o que lhe inspirou a organização em Viena do ciclo Donau/Tejo.

Ler mais

Francisco Andrade, 14 de Janeiro de 2014

Aberto à mudança

texto Nuno Catarino

Há uma novíssima geração no jazz nacional e nesta alguns nomes vão-se destacando devido às suas qualidades técnicas e criativas. Este saxofonista vindo da Madeira, mas nascido na Venezuela, é sem dúvida, um deles…

Ler mais

John Abercrombie, 30 de Dezembro de 2013

Operário guitarrista

texto Gonçalo Falcão

Esteve em Guimarães este ano e novamente deslumbrou. Em 2013 teve também disco novo, com “39 Steps” a marcar o seu reencontro com o pianista Marc Copland. Conversámos com o “working guitar player” que, com ironia, lembra estar 40 anos mais velho do que em “Timeless”…

Ler mais

Gil Dionísio, 1 de Dezembro de 2013

A caminho do futuro

texto Rui Eduardo Paes

O seu nome vai aparecendo cada vez mais nos domínios da improvisação e do jazz. O próprio Carlos Barretto foi buscá-lo para integrar a nova configuração do grupo In Loko e a comunidade lisboeta do Intendente deve-lhe o acesso a outro tipo de sonoridades que não as habituais num bairro popular. Muito há a esperar deste jovem violinista e cantor que também dança.

Ler mais

Bob Ostertag, 30 de Novembro de 2013

De malas aviadas

texto Rui Eduardo Paes

O autor de “Sooner or Later” vem ao Porto. Na bagagem traz o novo “software” de sintetizador Aalto e os registos que fez em El Salvador de um menino a enterrar o seu próprio pai – aqueles mesmo que o tornaram num dos poucos improvisadores assumidamente políticos em actividade. Aqui ficam algumas dicas do próprio sobre o que se vai ouvir – e mais vale tarde do que nunca – em Dezembro entre nós…

Ler mais

Tertúlia Jazz, 10 de Novembro de 2013

O que dizem os fotógrafos

texto Pedro Tavares e Rui Eduardo Paes fotografia António Marciano

Seis olhares do jazz que se toca em Portugal ganharam voz numa conversa promovida pela Rua de Baixo em parceria com a jazz.pt e a Le Cool Lisboa. Aqui está o que pensam sobre a existência de uma efectiva “fotografia jazz” e sobre a sua posição relativamente ao jornalismo, ao documentalismo e à arte, os três caminhos percorridos pela fotografia.

Ler mais

Noel Taylor, 25 de Outubro de 2013

Puro desfrute

texto Paulo Chagas

Uma das mais importantes figuras da cena londrina da improvisação, o clarinetista dirige o seu próprio grupo, Splatters, e é membro da prestigiada London Improvisers Orchestra, na dupla condição de instrumentista e “maestro”. A jazz.pt quis saber mais sobre este músico.

Ler mais

Joana Sá, 18 de Outubro de 2013

Por vezes, acha-se o mar

texto Nuno Catarino fotografia Nuno Martins

A pianista e compositora tem novo disco em que a improvisação volta a desempenhar um papel muito especial. O próprio título, “Elogio da Desordem”, diz tudo quanto ao que lá está dentro: música que resulta de muito trabalho. Agora, diz à jazz.pt, é preciso deitar abaixo o Governo…

Ler mais

Tania Giannouli, 3 de Outubro de 2013

Passageira terrestre

texto Paulo Chagas

Paulo Chagas apresenta-nos a sua parceira no álbum “Forest Stories”. Fiquem a saber quem é, de onde vem e o que procura esta pianista em ascensão nos domínios do jazz grego, de que tão poucos ecos nos chegam. O mundo lá vai ficando mais pequeno, graças ao esforço de quem não se conforma com viver na periferia da música, e em crise…

Ler mais

Quinito Mourelle, 30 de Setembro de 2013

O surfista do jazz

texto Rui Eduardo Paes

Aquí tão perto e, no entanto, tão longe, na Galiza, há um romancista que é também compositor e pianista e também crítico de música. Sempre que pode, ainda corta as ondas com uma prancha de surf e vê nisso uma relação com o jazz. É altura de o conhecer em Portugal. Urgentemente…

Ler mais

Desidério Lázaro, 17 de Setembro de 2013

Chamamento interior

texto António Branco fotografia Sofia Lima

Diz que a música é um veículo para os seus estados emocionais e que é necessário estar preparado para receber os impulsos criativos. Ao terceiro disco, regressa ao formato de trio e recentra-se no essencial. Com “Cérebro: Estado Zero” reitera os motivos que fazem dele um dos mais relevantes saxofonistas nacionais da atualidade.

Ler mais

Nani García, 11 de Setembro de 2013

Um músico incontornável

texto Rui Eduardo Paes

O jazz que toca contém imagens e a música que compõe para o ecrã tem dentro dela muito jazz. Pianista imaginativo e sem complexos, tornou-se num dos mais interessantes músicos da sua Galiza natal, de Espanha e de toda a Península Ibérica. Está num momento particularmente feliz do seu trajecto e a jazz.pt reparou nisso…

Ler mais