Six Feet Under

Nate Wooley / Christian Weber / Paul Lytton: “Six Feet Under” (NoBusiness Records)

NoBusiness Records

António Branco

O trompetista Nate Wooley tem vindo em diversos momentos a explanar a sua propensão para explorar o fascínio especial que sente pelo formato de trio, pelos desafios que este lhe coloca e pelas conexões particulares que nele se podem articular.

Na concretização desse desígnio, “Six Feet Under” reúne um trio formado por Wooley – uma das maiores forças trompetísticas do presente –, o contrabaixista Christian Weber e o veterano baterista/percussionista Paul Lytton. 

O disco conheceu edição limitada em vinil pela lituana NoBusiness Records, um selo com um peso específico cada vez mais significativo no domínio do jazz de feição mais avançada e da música improvisada. Todo ele é perpassado pelo tema da morte, o que é atestado não só pelo seu título e pelos das respetivas peças, como, sobretudo, e de forma evidente, pelas atmosferas soturnas que marcam a maior parte delas.

A peça de abertura, “Pushing Up Daisies”, inicia-se com o trompete efervescente de Wooley, acolitado pelas tapeçarias urdidas por Weber e Lytton. O contrabaixista revela uma notável capacidade para atentar nas deambulações do trompetista, jogos estes complementados pelas texturas delicadas engendradas pelo baterista.

A atmosfera lúgubre de “Moribund” é adensada pela utilização, mais uma vez excelente, do arco por parte de Weber, que acentua mais ainda a tensão dramática do tema.

Com os seus quase 17 minutos de duração, “La Grande Mort” é a peça central do disco, uma longa ruminação abstratamente negra, ao ponto de não se conseguir fazer o “quem é quem” dos sons que se escutam (quem está a percutir o quê ou quem está a soprar o quê...)

A fechar, “Check Out Time (The End)”, mantém o negrume, até ao longo “fade-out”... Um disco muito interessante, definitivamente marcado pelo génio criativo de Wooley.

  • Six Feet Under

    Six Feet Under (NoBusiness Records)

    Nate Wooley / Christian Weber / Paul Lytton

    Nate Wooley (trompete); Christian Weber (contrabaixo); Paul Lytton (bateria)