Hoquet

Meridian: “Hoquet” (Accidie Records)

Accidie Records

Pedro Chambel

Este é o disco de estreia do grupo Meridian, formado por três percussionistas norte-americanos, Nick Hennies, Greg Stuart e Tim Feeney. Os dois primeiros, para além de prosseguirem com sólidas carreiras como improvisadores, têm-se notabilizado na execução de peças de compositores contemporâneos, como Alvin Lucier, Jürg Frey, Michael Pisaro e John Cage. Quanto a Tim Feeney, é sobretudo um improvisador, sendo possível ouvi-lo na companhia de Tom Djill, Bhob Rainey e Vic Rawlings, entre outros.

Atendendo a que tanto Hennies como Stuart têm um passado de colaboração com compositores “minimalistas”, e que esta estética encontra-se também presente nos seus discos a solo, seria de esperar que algo de parecido acontecesse nos Meridian. Mas tal é puro engano. Os três músicos oferecem-nos uma música variada, repleta de cambiantes e de interacções que vão progressivamente enriquecendo as diversas sonoridades que se fazem ouvir.

Ao longo do disco, os padrões rítmicos sucedem-se e sobrepõem-se, enquanto sons provindos de diversos instrumentos, manipulados a partir de diferentes técnicas, vão surgindo. Na verdade, estas variam ao longo do disco, criando dinâmicas que se sucedem quase vertiginosamente. E se, por momentos, o silêncio parece imperar, logo surge um padrão rítmico intenso e acelerado, que introduz um recomeço na sucessão dos sons percutidos, tornando exuberante o resultado que nos é dado ouvir.

Se algo ficou das experiências dos músicos dos Meridian com compositores minimalistas, tal nota-se, sobretudo, na permanência de padrões que surgem quase inalterados durante intervalos de tempo de duração variável, irrompendo pela acção individual de um dos músicos. Os restantes percussionistas acabam, no entanto, por também intervir, completando tudo o que foi previamente introduzido. E se, como acontece no terceiro e mais extenso tema do disco, uma batida se torna violentamente obsessiva, dá depois lugar à serenidade e à acalmia, impondo um novo rumo ao tema.

Trata-se, assim, de um CD do qual sobressai uma invenção contínua, superiormente sustentada por excelentes instrumentistas. A par das suas já bem conhecidas capacidades técnicas, são capazes de uma interacção notável. Meridian é um grupo para seguir com atenção, parecendo disposto a surpreender-nos.

  • Hoquet

    Hoquet (Accidie Records)

    Meridian

    Nick Hennies, Greg Stuart, Tim Feeney (percussão)