Hindsight Bias

Bly de Blyant: “Hindsight Bias” (Hubro)

Hubro

Gonçalo Falcão

O que é que acontece a alguém que está dez dias a ouvir sempre o mesmo disco? Foi essa a experiência a que voluntariamente me submeti. Não porque pretenda concluir alguma coisa, mas porque o disco se impõe, pede para ser tocado.

O trio Bly de Blyant, do baterista norueguês Øyvind Skarbø (que conheci através do trio 1982, uma coisa belíssima), integra a guitarra islandesa de Hilmar Jensson (Jim Black AlasNoAxis) e o multi-instrumentista americano Shahzad Ismaily (Marc Ribot, John Zorn). Pois acaba de lançar o seu segundo CD, “Hindsight Bias”, que toca uma música alegre, luminosa e muito melódica.

O disco desenvolve-se lentamente, por vezes aproximando-se de uma vontade pop, outras espraiando-se em improvisações, não se negando a nada em termos de criação de ambientes, arranjos, exotismo ou conformidade. É uma compilação curiosa de atmosferas, melodias e andamentos, quase sem filtros, num mundo que parece tudo integrar acriteriosamente.

Ouvido repetidamente, e com prazer, percebemos que é coisa séria e interessante, provavelmente por acreditarmos tanto nas irregularidades de gosto de cada um dos músicos. Como uma “jukebox” cheia de materiais insólitos em autogestão, os Bly de Blyant conseguem construir uma música leve que parece perfeita para este início de Primavera.

  • Hindsight Bias

    Hindsight Bias (Hubro)

    Bly de Blyant

    Øyvind Skarbø (bateria, percussão, voz); HilmarJensson (guitarra eléctrica, baixo eléctrico, piano, voz); Shahzad Ismaili (baixo eléctrico, banjo, sintetizador Moog, órgão, drum machine, voz)