Paulo Chagas Creative Ensemble: “Songs From the Books” (Zpoluras)

Rui Eduardo Paes

Este é o disco de canções de Paulo Chagas. Há, por isso, qualquer coisa de folk e de pop neles, mas estas canções (cantadas e/ou declamadas por Anna Vowk, Wilhelm Matthias, Maresuke Okamoto, Paulo Ramos, Christiane Offenbar e Antonio Carlos Pastori) foram construídas a partir de improvisações com recorte experimental e não pouca influência jazzística, tendo o Creative Ensemble as contribuições dos músicos Álvaro Silveira, Chris Silver T, Dario Nitti, Fernando Guiomar, George Christian, Gloria Damijan, João Madeira, Joaquín Mendoza, John Daly, Marco Scarassatti, Matthias Boss, Paulo Duarte, Rui Sousa e Yaw Tembe. Os textos, a maior parte deles de autoria do próprio Chagas, surgem em Inglês, Português de Portugal e do Brasil, Japonês e Ucraniano.

O disco foi cozinhado tendo a Internet como instrumento mediador. Chagas recolheu as gravações de cada um e, mais do que combiná-las, compô-las, numa metodologia que lembra as que Nuno Rebelo e Miguel Feraso Cabral já utilizaram em trabalhos seus. Não sem acrescentar as suas próprias partes em clarinetes, flautas, electrónica e “field recordings”, sempre oportunas e sempre musicalmente ricas. O resultado tem tanto de bizarro quanto de cativante. Como dizia Fernando Pessoa sobre a Coca-Cola: primeiro estranha-se, depois entranha-se.