In On the 2

Remi Harris: “In On the 2” (Yardbird Arts)

Yardbird Arts

Nuno Marinho

Remi Harris é um dos mais bem-sucedidos e prestigiados dos guitarristas britânicos do jazz cigano. No seu segundo álbum – “In On the 2” – leva o estilo de Django Reinhardt até um novo nível, fundindo referências vindas do jazz, dos blues, do rock, do funk e de várias músicas étnicas.

Com uma soberba dexteridade, um melodismo refinado e uma tendência natural para a exploração harmónica, este disco tem tudo o que precisa. “Grooves” do funk, rock ‘n’ roll à maneira dos Beatles, o estilo “bluesy” de Peter Green e, pelo meio, uma “cover” de Neil Young que faz com que nos apeteça trautear a letra de “Old Man”. E como se não fosse suficiente, o talento de Remi faz do tema “Odd Elegy” de Dhafer Youssef (com uma métrica de 39/16) uma cavalgada pela world music.

A versatilidade deste músico confirma-se com a interpretação de “standards” do jazz escritos por Bill Evans, Joe Pass, Thelonious Monk e Wes Montgomery. As suas guitarras eléctrica e acústica surgem ora em formato de trio, ora a solo. E mesmo que não haja no alinhamento uma peça composta por Django, todo o álbum transmite a sua influência. Remi mistura tudoisto num som surpreendentemente homogéneo e dá-lhe a marca do “gypsy jazz”.

A percussiva e pontuada maneira de tocar acrescenta algum picante aos solos do guitarrista, revelando estes uma entusiasmante criatividade e muita imaginação em termos de articulação e de dinâmicas. De tempos rápidos a abordagens introspectivas, esta edição combina da melhor maneira diversidade e excitação.

O que aqui vem é uma viagem musical histórica. Para utilizar as palavras de Sir Isaac Newton (que por acaso até se parecia muito fisicamente com Remi), «if I have seen further it is by standing on the shoulders of Giants». É indubitável que Remi Harris vê muito ao longe, dando-nos a todos a oportunidade de também o fazermos.

  • In On the 2

    In On the 2 (Yardbird Arts)

    Remi Harris

    Remi Harris (guitarras); Mike Green (contrabaixo)